16 de abr. de 2020

GASOLINA ACUMULA QUEDA DE 48% NO ANO, MAS REDUÇÃO NÃO CHEGA ÀS BOMBAS

A Petrobras anunciou que vai reduzir mais uma vez o preço dos combustíveis em suas refinarias a partir desta quarta-feira, dia 15. De acordo com a estatal, a gasolina terá um corte de 8% e o diesel, de 6%. Com isso, a queda acumulada da gasolina neste ano será de 48% e a do diesel, de 35,4%. A redução reflete a forte queda dos preços do petróleo no mercado internacional provocada pela pandemia de coronavírus, mas não tem chegado às bombas. Isso se deve a um conjunto de fatores que vão desde estoques elevados nos postos (comprados pelos revendedores a preços mais altos), devido ao menor consumo dos combustíveis, até a composição do preço final. Segundo especialistas, o preço da refinaria representa 29,9% do preço total da gasolina. A carga de impostos chega a cerca de 45%. Além disso, o custo com a adição do etanol anidro representa 13,5% do preço total do combustível. Com o corte anunciado hoje pela Petrobras, o litro da gasolina custará menos R$ 0,086 nas refinarias. Já o diesel terá uma redução de R$ 0,096 por litro. Com as novas reduções, o preço da gasolina nas refinarias tem uma queda acumulada de 48,2% no ano, enquanto que a redução acumulada do diesel é de 35,4%.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :