20 de nov. de 2020

“ELE PEDIU: MILENA ME AJUDA”, DIZ MULHER DE HOMEM NEGRO ESPANCADO E MORTO NO CARREFOUR DE PORTO ALEGRE

 

A mulher do homem negro espancado até a morte em um Carrefour de Porto Alegre na noite de quinta-feira (19) disse que tentou ajudar o marido, mas foi impedida pelos seguranças. A declaração de Milena Borges Alves, de 43 anos, foi dada em entrevista à Rádio Gaúcha, na manhã desta sexta-feira (20). “Eu estava pagando no caixa, daí ele desceu na minha frente, quando eu cheguei lá embaixo ele já estava imobilizado. Ele pediu ‘Milena, me ajuda’, quando eu fui, os seguranças me empurraram”, disse.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :