26 de jan. de 2021

SERVIDORA É EXONERADA NA BA POR PEGAR DOSES DE VACINAS CONTRA A COVID-19 PARA IMUNIZAR MÉDICOS QUE NÃO ESTAVAM EM LISTA

 

A prefeitura de Alagoinhas, cidade a cerca de 124 km de Salvador, exonerou uma servidora da saúde após denúncias de desvio de vacinas contra Covid-19. O órgão informou que a diretora de Assistência à Saúde pegou, sem autorização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), doses para vacinar dois médicos que não estavam na lista de prioridades. A exoneração da funcionária Maria Emília Damasceno Libório, que exerce a função de diretora de Assistência à Saúde, foi publicada no Diário Oficial, na última sexta-feira (22).Em nota, o prefeito Joaquim Neto (PSD) informou que exonerou a servidora por considerar que a profissional tomou decisões quanto a vacinação de dois médicos sem comunicar aos gestores da secretaria. O prefeito também contou que não avalia o retorno da profissional na sua função ou em outro cargo comissionado da prefeitura.Procurada pela TV Subaé, afiliada da TV Bahia, a servidora negou todas as acusações e disse que levou as doses para serem aplicadas nos dois médicos, porque eles têm mais de 60 anos.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :