3 de jun. de 2021

POLICIAL CIVIL É PRESO E DELEGADO É AFASTADO SUSPEITOS DE TRÁFICO DE DROGAS


Uma operação conjunta entre a Corregedoria Geral da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA) com o Ministério Público da Bahia (MP-BA) resultou na prisão temporária de um investigador e cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão na cidades de Seabra e Cachoeira, na manhã desta quarta-feira (2), na segunda fase da Operação Casmurro. A operação foi deflagrada em abril deste ano, e na ocasião, outros dois policias civis foram presos. Além disso, um empresário suspeito de integrar o grupo foi preso por ordem judicial, e um quarto suspeito de participar da organização criminosa também foi preso na ação, após ser flagrado com drogas. Segundo a SSP-BA, a segunda fase da operação tem o objetivo de apurar a participação de policiais civis nos crimes de tráfico de drogas e associação, lavagem de dinheiro, fraude processual, entre outros delitos. O investigador foi preso na cidade de Seabra, na Chapada Diamantina. Além disso, houve também o afastamento de um delegado. Entretanto, a SSP-BA não detalhou a unidade em que ele é lotado. O MP-BA informou que dois outros policiais e um agente administrativo foram afastados. Entretanto, nem a SSP-BA e nem o MP-BA detalharam quantas pessoas são suspeitas de integrar o grupo. Segundo o MP-BA, a nova fase da operação apurou indícios da prática de tráfico de drogas por policiais civis lotados na 13ª Coorpin, em Seabra
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :