9 de fev. de 2022

COM SAFRA RECORDE EM 2021, BAHIA ASSUME POSIÇÃO DE MAIOR PRODUTORA DE CACAU DO PAÍS

 

Foto: Divulgação

A colheita de cacau na Bahia bateu recorde em 2021. Resultado: o estado consolidou a liderança na entrega de amêndoas para a indústria. No ano passado, os agricultores baianos entregaram 140.928 toneladas, aumento de 39,72% em relação a 2020 (100.864 toneladas). Esse foi o melhor resultados desde 2017. O Pará registrou queda de 24% em 2021, mas mesmo assim encaminhou 49.821 toneladas ou 25,21% do total. “Quando a gente fala nos números da indústria, a gente está falando em recebimento e não em produção. A Bahia sempre foi o estado que mais entregou cacau para a indústria moageira, o que acontece é oscilar esse percentual, é instável. Esse última safra foi muita boa e o resultado foi surpreendente. Mesmo nos anos anteriores, a entrega de cacau pelo Pará não foi superior ao estado da Bahia, mas existem dados do IBGE que mostram uma produção maior de cacau no Pará do que na Bahia, mas não é o que a gente enxerga quando olhamos os dados do recebimento”, diz Anna Paula Losi, diretora-executiva da Associação Nacional das Indústrias Processadoras de Cacau (AIPC). Na Bahia, a região com mais plantações do fruto é o Sul do estado, mas nos últimos anos agricultores do Oeste têm se arriscado nessa área e obtido êxito.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :