15 de fev. de 2020

CERCA DE 100 CRIANÇAS PASSAM MAL APÓS BEBEREM ÁGUA EM ESCOLA NA BAHIA

Cerca de 100 crianças foram hospitalizadas depois de passarem mal em São Sebastião do Passé, na região metropolitana de Salvador. A informação foi confirmada pela prefeitura da cidade, na manhã desta sexta-feira (14). A suspeita é de que haja uma contaminação da água do colégio onde as crianças estudam. Por causa da situação, amostras da água e do lanche do colégio foram colhidas nesta quinta e encaminhadas para Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen), na capital baiana, para ser periciada. Não há previsão de quando o resultado será divulgado. Equipes da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) estão na cidade acompanhando o caso. Conforme a prefeitura, cerca de 95 crianças são estudantes do Colégio Doutor João Paim e têm entre 11 e 13 anos. As primeiras crianças começaram a passar mal na tarde de quarta-feira (12). Apesar disso, a maior concentração ocorreu na quinta-feira (13). Os sintomas apresentados, de modo geral, foram: enjoo, diarreia, vômitos, febre e corpo mole. Após os sintomas, as crianças foram atendidas e medicadas no Hospital Municipal Albino Leitão. Na manhã desta sexta, no entanto, outras cinco crianças, de colégios particulares, apresentaram os mesmos sintomas. Elas também foram encaminhadas para a unidade hospitalar. Até por volta das 12h, oito crianças estavam em hospitais de Salvador ( Hospital do Subúrbio e HapVida) e também de Feira de Santana, a cerca de 100 Km da capital baiana (Hospital da Criança). A prefeitura explica que as transferências ocorreram porque essas crianças tinham problema prévio de saúde, como asma. Ainda de acordo com a prefeitura, é quase que descartada a hipótese de que os sintomas foram provocados pela merenda, já que nem todos os estudantes consumiram o lanche da escola.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :