23 de dez. de 2020

APÓS DIZER QUE CORONAVAC “CAUSA CÂNCER E TEM HIV”, PASTOR DO CEARÁ É INTIMADO A DEPOR

 

O pastor de Fortaleza, Davi Góes, foi intimado a depor pelo Ministério Público do Ceará, após veicular vídeo que afirma que a vacina Coronavac, fabricada pela farmacêutica Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, causa câncer e tem HIV dentro dela.O MPCE pede que o líder religioso seja responsabilizado civil e criminalmente por divulgar em rede social “notícia inverídica” sobre a vacina. O promotor de Justiça Ricardo Sant’Anna deu um prazo de 15 dias para que o pastor apresente “suas capacitações técnicas, científicas, sanitárias ou médicas” que possam “credenciá-lo como especialista qualificado a emitir análise sobre o tema abordado por ele”.

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :