23 de abr. de 2021

POLÍCIA PRENDE EM ITAPITANGA UM DOS ASSASSINOS DE MOURA; LAUDO CONFIRMA QUE TAXISTA MORREU POR ASFIXIA

 

No final da manhã desta quinta-feira (22), foi preso em Itapitanga, um indivíduo identificado pelo prenome Bruno, suspeito de participar do sequestro e assassinato do taxista de Itabuna, Amintas Moura, cujo corpo foi encontrado nesta quarta-feira (21). (Relembre aqui).A prisão ocorreu em flagrante, na chamada Rua do Cemitério, e por tráfico de drogas, já que Bruno foi detido com certa quantidade de maconha. Ele vinha sendo investigado pelo crime bárbaro que ceifou a vida do taxista Moura, e está sendo recambiado para Itabuna. Bruno foi preso com outros dois indivíduos, que serão investigados para a polícia saber se participaram ou não do suposto latrocínio, no caso Moura. O delegado André Aragão afirmou que as polícias Civil e Militar, em suas diversas unidades estão engajadas na elucidação do crime e na prisão do outro autor do assassinato. A polícia já confirmou que o taxista foi morto por asfixia. Havia indícios de que ele foi torturado antes de morrer. A perícia também ratificou que o automóvel encontrado carbonizado em Itapitanga era, efetivamente, o Fiat Siena de Moura. Sobre isso, Dr. André acrescentou que o carro só foi incendiado porque caiu em uma valeta, e os criminosos viram que não conseguiriam retirá-lo, de modo que decidiram tocar fogo no Siena

Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :