28 de jun. de 2021

DEPUTADA DO PSOL CRITICA MORTE DE LÁZARO E DEPOIS APAGA POST



Na manhã desta segunda-feira (28), a deputada federal Vivi Reis (PSOL-PA) usou as redes sociais para criticar a morte do assassino Lázaro Barbosa, após intensa troca de tiros com a polícia. Ela acusou a polícia de Goiás de matar o assassino sem “ouvir” o que ele tinha para dizer. “Lázaro foi preso e morto. A perseguição do criminoso deixou um lastro de ódio, intolerância religiosa e abusos. A celebração de sua morte é retrato da espetacularização dessa caçada de 20 dias e R$ 19 milhões. Quando o capturam, ao invés de ouvi-lo, o executam. Vexame”, escreveu.Com a repercussão negativa do post e acusações de que estaria defendendo Lázaro – que havia matado cinco pessoas, sendo quatro da mesma família, entre outros crimes, Vivi apagou o post e fez uma nova publicação para explicar sua opinião.“Já que o último tuíte abriu margem para interpretações equivocadas, vou explicar melhor. Lázaro causou dor em muitas famílias. Minha solidariedade a todas elas! Porém, somente o interrogando saberíamos se ele estava a mando de outras pessoas, evitando que mais gente siga impune”, argumentou.“Ele tinha que responder pelos crimes que cometeu, mas se não estivesse sozinho seria necessário descobrir. Talvez agora fique mais difícil. A nós não interessa a impunidade”, declarou.
Postagem Anterior
Próxima Postagem

0 comentários :